Inter

Decepção e demissão no Beira-Rio

Em outra péssima atuação, Inter fica no 1 a 1 com o Vila Nova-GO, adia acesso para Série A e anuncia saída de Guto Ferreira


- Ricardo Duarte/divulgação

Porto Alegre - O Inter mais uma vez foi decepcionante. Na tarde de sábado, no jogo que era para terminar com a angústia colorada e confirmar o acesso para a elite do futebol brasileiro, outra vez o time gaúcho sucumbiu. A falta de futebol aliada a desorganização tática fizeram com que o Inter não passasse do 1 a 1 com o Vila Nova-GO, dentro do Beira-Rio.


De quebra, o quarto jogo sem vitória seguido na Série B aliado a queda de rendimento assustadora dentro de campo, causaram a demissão do técnico Guto Ferreira. "Gostaria de comunicar a todos que, a partir de hoje (sábado), eu e o presidente, junto com o conselho de gestão, decidimos fazer uma troca no comando técnico da equipe. O Guto e a comissão técnica estão deixando o comando da equipe e, a partir de amanhã (ontem), assume o Odair Hellmann. Entendemos que nas últimas partidas o desempenho da equipe caiu demais. Não estamos conseguindo mais jogar. A equipe, de alguma maneira, se desorganizou. Chegamos até aqui com o comando do Guto e ter de fazer essa troca nas últimas rodadas é difícil", explicou o vice-presidente de Futebol, Roberto Melo, em entrevista coletiva após o empate.


Guto Ferreira deixa o Inter após 33 jogos. Foram 17 vitórias, nove empates e sete derrotas. Um aproveitamento de 60,6%.
Em outra chance de confirmar seu acesso, o Inter volta a campo nesta terça-feira diante do Oeste, na Arena Barueri, no interior paulista.

Comentários

VEJA TAMBÉM...