Internacional

Erupção vulcânica provoca remoção de 17 mil na Indonésia

Moradores de um raio de 5km do vulcão tiveram de sair de casa nesta terça-feira


Brasília - Mais de 17 mil pessoas foram deslocadas na Ilha de Sumatra, na Indonésia, devido às erupções do Vulcão Sinabung. Autoridades do país informaram hoje (26) que os habitantes foram removidos de um raio de 5 quilômetros (km) do vulcão depois de registradas seis novas erupções que provocaram uma faixa de 1,5 km de lava e nuvens de fumaça.

O Conselho Nacional para a Gestão de Desastre indonésio indicou, no último informe, que 5,3 mil famílias foram realojadas em 31 centros de evacuação estabelecidos pelo governo local. O Centro de Mitigação de Desastres Geológicos e Vulcanológicos do país elevou, no final de semana, o alerta sobre o Vulcão Sinabung do nível 3 para o 4. De acordo com o centro, a medida foi tomada devido ao resultado da análise de observações visuais e sismológicas.

Especialistas também alertaram a população que reside na região do vulcão sobre o risco de lava e de avalanches de terra devido à quantidade de cinzas acumuladas pelas erupções e ao início da temporada de chuva.

A Indonésia está no Anel de Fogo do Pacífico, área de grande atividade sísmica e vulcânica, em que há mais de 400 vulcões, entre os quais pelo menos 129 estão em atividade e 65 são classificados como perigosos.

Comments

SEE ALSO ...