Jornal dos Bairros

O adeus alegre da ONG Abaquar no Santo Antônio

Após episódios polêmicos, entidade do Bairro Santo Antônio recebe, pela última vez, grupo de criança

Créditos: Carolina Gasparotto
- divulgação

Santo Antônio - Depois de participar de reuniões e cuidar da parte burocrática do fechamento da ONG Abaquar, o presidente e fundador, Marcelo Salvatori, promoveu, no último sábado, uma confraternização de despedida na entidade que amparou crianças e adolescentes carentes do Bairro Santo Antônio durante dez anos.


Ao lado das integrantes da Abaquar França, Christina Oullion (tesoureira) e Nathalie Furlan (secretária), e também das desportistas do Centauros Rugby feminino, Salvatori participou da despedida oficial da ONG Abaquar RS. "Viemos para Lajeado porque as passagens já estavam compradas e a ideia inicial era promover um dia especial para as crianças. Após tantos fatos tristes, ficamos felizes em poder levar uma imagem positiva daqui."


O ato de encerramento das atividades se deu com a entrega das camisetas. Um presente do Centauros Rugby feminino, responsável por uma das oficinas oferecidas na Abaquar. "O grupo de meninas já havia mandado confeccionar as camisetas, por isso resolvemos reunir todos para presenteá-los."


De volta à França, Salvatori, Christina e Nathalie, bem como os demais integrantes da diretoria da Abaquar, se mostram abertos a novas parcerias e auxílio a outra entidade de Lajeado. "Vamos manter contato com a prefeitura e ver a possibilidade de continuar ajudando algum projeto de cunho social."


Agora, a antiga sede da ONG Abaquar será a residência de uma família conhecida do presidente e fundador. Já a área de lazer, que possui um campo de futebol, poderá ser utilizada pelas crianças do Bairro Santo Antônio.

Comments

SEE ALSO ...