Lajeadense

Derrota complica o Lajeadense

Placar adverso obriga o Alviazul a vencer o jogo de volta, na Montanha dos Vinhedos

Créditos: Helena Baségio
VIBRAÇÃO: Cristiano e a torcida vibraram muito com o gol de empate, mas a equipe não segurou o resultado - Elton de Andrade

Lajeado - O Lajeadense foi destemido na partida de ida das quartas de final da Divisão de Acesso. Enfrentou o qualificado, e caro time do Esportivo de Bento Gonçalves de igual para igual. No entanto, pecou em duas bolas paradas e foi derrotado pelo marcador de 2 a 1. Cristiano fez o gol do Lajeadense na partida realizada na tarde de ontem, no Estádio Alviazul.

Com o tropeço dentro de casa, a situação do representante de Lajeado fica complicada, pois, para se classificar, precisará ganhar em Bento Gonçalves, no próximo domingo, pelo marcador de 2 a 0. Vitória por 1 a 0 levará a decisão da vaga para as penalidades.

Mais três partidas por esta fase foram realizadas no fim de semana e todas terminaram empatadas: Ypiranga 1 a 1 São Paulo, Igrejinha 0 x 0 Guarani-VA e Bagé 1 a 1 Glória.

Reação

Apesar do abatimento natural pela derrota, a direção do Lajeadense manteve o discurso otimista. "Estamos vivos e vamos em busca do resultado no próximo domingo. Jogamos bem aqui e vamos jogar ainda melhor no jogo de volta", afirmou o presidente Alexandre Sebben.

O jogo

O duelo da juventude do Lajeadense contra a experiência do Esportivo resultou em um belo jogo de futebol. O Alviazul de Lajeado tomou a iniciativa, mas, aos 12 minutos, tomou um banho de água fria. Após cobrança de escanteio, Jonas subiu mais que a marcação e mandou a bola no canto da goleira defendida por Kevin, fazendo 1 a 0.

Por alguns minutos, o Lajeadense sentiu o impacto. Mas retomou o controle da partida e, aos 22 minutos, após jogada de velocidade, a bola sobrou para Cristiano. Ele mandou o chute cruzado que passou à frente da goleira de Jonatan. Em seguida, Gui Dalpian bateu falta com muita qualidade para dentro da área, mas o goleiro evitou o gol.

Já nos acréscimos da etapa inicial, Gui Dalpian aproveitou uma sobra e mandou a bomba em direção ao gol do Esportivo. O chute tinha endereço certo, mas encontrou defesa no braço de um defensor adversário. O árbitro Daniel Soder marcou a penalidade. Cristiano bateu com qualidade e empatou a partida.

O Lajeadense voltou para o segundo tempo animado e aprontando uma "correria" para cima do oponente. Mantinha o controle das ações. Tanto que o goleiro Kevin era um assistente na partida. Aos 30 minutos, no entanto, o Lajeadense foi mais uma vez vítima da bola área. O Esportivo cobrou falta pela esquerda, a bola passou por todo mundo e foi encontrar Gullithi no lado oposto. Livre, o zagueirão só teve o trabalho de mandar para as redes, decretando a vitória de sua equipe.

Comments

SEE ALSO ...