Nara Knaack

Palavras

Artigo de Nara T. Knaack

Créditos: Nara Knaack, escritora e professora

"Palavras, palavras, apenas palavras, mas algumas delas podem transformar o mundo!" Pois é, todos sabemos disto, mas poucos se preocupam em realizar, em encantar o mundo com gentileza, educação, sabedoria, amor..., a maior preocupação de muitos é ter, independentemente de como.  Às vezes, fico pensando o quanto o mundo está triste, pois os desafetos crescem; a inveja perturba; o ciúme faz adoecer corações vulneráveis.

Amigo leitor, precisamos, com uma certa urgência, nos dispor a modificar determinadas situações; devemos, pelo menos, tentar serenar o pensamento ou o coração de alguns, mesmo que nossa melhor resposta seja o silêncio. Sim, o silêncio. Em certas ocasiões, esta é a melhor atitude. Não adianta sairmos por aí batendo boca com pessoas estressadas, pois assim também vamos nos chatear, nos preocupar e até perder o sono.  

Nos dias de hoje parece que tudo está por um fio. Esquecemos de saudar-nos com um bom dia, de agradecer a uma gentileza, prestar atos de solidariedade, mesmo que tudo esteja em nossa frente, quase sempre arranjamos uma desculpa para não nos comprometermos.

Fico indignada com as coisas que vejo. Muitas delas causam até revolta.  Por isso, devemos começar pela nossa casa. E assim, aos poucos, vamos disseminando coisas boas e estas, aos poucos, vão se multiplicando. Uma palavra de carinho aqui, um aperto de mão ali, um elogio, um obrigado ou ouvir: "pode contar comigo". Podemos, também, com nossa presença, dar mais significado a certas manifestações. Falar às pessoas o quanto de amor temos por elas, é muito significativo, é um calmante para a alma. Com certeza, se agirmos assim, os espaços por onde passarmos serão beneficiados e sentiremos muito mais vontade de seguirmos em frente, apesar dos tantos desafios que a vida nos remete.

Caro leitor, continuarei com palavras e também com ações, para multiplicar a benquerença por onde eu passar, para aqueles que aceitarem, embora saibamos que muitos, por aí, estão com os corações fechados pela mágoa, pelo desamor. É uma pena! Mas não podemos perder a esperança de um mundo melhor para todos. Então, vamos erguer nosso olhar para o alto e pedir a Deus que nos ilumine e abençoe, para que tenhamos força e perseverança nesta caminhada do bem.


Paz e bem

Homenageio as queridas amigas Eliana Scherer, que aniversaria amanhã e, no dia 5, Gládis Secco. Um abraço aos leitores Nilo e Mirta Bitdinger.


Comments

SEE ALSO ...