Polícia

Detran cassou cerca de 10 mil habilitações em 2017

A suspensão de CNH é aplicada quando o condutor atinge 20 pontos em um ano ou comete alguma infração com essa penalidade prevista

Créditos: Redação
IRREGULARIDADE: mais de 108 mil motoristas gaúchos estão com CNH suspensa ou cassada - Lidiane Mallmann

Porto Alegre - Mais de 11 mil processos de cassação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foram abertos no Rio Grande do Sul no ano passado. Do total, 9.812 motoristas tiveram a CNH cassada. Segundo o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), 94% dos condutores afetados pela medida foram flagrados dirigindo com a documentação suspensa. O restante reincidiu em infrações específicas no período de um ano. Os motoristas ficarão dois anos sem habilitação e terão, ainda, que fazer curso e prova de reciclagem, exame médico e psicológico, além da prova prática.

Suspensões
A suspensão de CNH é aplicada quando o condutor atinge 20 pontos em um ano ou comete alguma infração com essa penalidade prevista. Aproximadamente 60% dos condutores tiveram a CNH suspensa por dirigir sob efeito de álcool, por exceder a velocidade máxima permitida em mais de 50%, por praticar racha ou fugir de blitz.
O Rio Grande do Sul possui 81,2 mil motoristas com direito de dirigir suspenso e 27,3 mil condutores cassados, totalizando 108,5 mil CNHs irregulares. Esses condutores sofreram processo nos últimos cinco anos, foram penalizados, mas ainda não cumpriram todas as etapas para recuperar o direito de dirigir.

Comentários

VEJA TAMBÉM...