Polícia

Furtos que têm veículos como alvo aumentaram no mês de abril

Segundo dados da SSP-RS foram registrados 18 furtos de veículos em abril, o dobro de março


- Lidiane Mallmann

Lajeado - Diariamente registrados na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Lajeado, os casos de furtos de veículos apresentaram um aumento no mês de abril em comparação com os primeiros meses deste ano.

Segundo dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul (SSP-RS), em abril foram registrados 18 furtos de veículos (que é quando o carro ou motocicleta é levado pelo criminoso sem a presença do proprietário) e 17 furtos em veículos (que se dá quando o automóvel é arrombado e objetos são levados). Em março, por exemplo, foram nove casos de furto de veículos e sete de objetos levados de carros.

Conforme o comandante do 22º Batalhão de Polícia Militar, major Cássio Conzatti, os criminosos têm como alvo principal os veículos antigos. "Estes, devido sua tecnologia, oferecem menor dificuldade para estes crimes", detalha. Para prevenir tais delitos, a Brigada Militar orienta os condutores e proprietários de veículos.

Furtos em veículos

Diferentes dos furtos de veículos, os furtos em veículos ocorrem quando o carro não é levado pelos criminosos, mas sim o que está dentro dele ou até mesmo uma peça que esteja na parte externa. Os principais alvos deste crime são mochilas, bolsas e outros objetos que possam estar visíveis dentro do automóvel.

Conforme a SSP-RS, desde o início do ano foram 42 casos deste delito em Lajeado. Abril foi o mês em que mais registrou-se ocorrências deste tipo, com um total de 17 casos, enquanto março teve apenas sete. Conforme o major Cássio Conzatti, o ideal é que o condutor não deixe nada no interior do carro que possa chamar a atenção de criminosos.

Orientações da Brigada Militar

- Ao estacionar, opte por lugares mais movimentados e abrangidos por videomonitoramento e câmeras de segurança
- Não deixe volumes no interior do veículo, mesmo que seja uma sacola vazia
- Não cole adesivos que exponham informações pessoais
- Não guarde documentos no carro
- Certifique-se que o veículo está devidamente trancado
- Utilize dispositivos de segurança visíveis como alarmes, travas de direção e corta-corrente
- Utilize equipamentos modernos de segurança: bloqueadores, rastreadores e localizadores
- Se for transitar em lugares desconhecidos, planeje seu itinerário
- Antes de entrar na sua garagem, fique atento ao seu redor, principalmente com pessoas estranhas e que não são vizinhos
- Não permaneça no interior do veículo por períodos prolongados, como durante conversas, ou utilizando celular, principalmente de noite e em lugares desertos e isolados
- A Brigada pede a colaboração da comunidade, que pode informar, pelo 190, sobre carros ou motos abandonados ou sobre movimentações suspeitas

Comments

SEE ALSO ...