Polícia

Júri popular condena homem por tentativa de homicídio

Crime ocorreu em janeiro de 2018, quando o homem desferiu diversos golpes de faca na vítima

Créditos: Caroline Garske
DEFESA: Andressa Risseti Paim pediu o afastamento das qualificadoras - Lidiane Mallmann

Lajeado - Ileu dos Santos França (33) foi condenado a 6 anos, 6 meses e 15 dias em regime semiaberto pelo crime de tentativa de homicídio tentado e qualificado (motivo fútil) contra Vanderlei Jairo Corneliu. O julgamento ocorreu ontem, na sala do Tribunal do Júri, no Fórum de Lajeado. O crime ocorreu em janeiro de 2018, quando o homem desferiu diversos golpes de faca na vítima. Desde então, ele está recolhido no Presídio Estadual de Encantado.


O Tribunal do Júri foi presidido pelo juiz de direito Rodrigo Bortoli, teve acusação do promotor de Justiça, Neidemar Fachinetto e defesa da defensora pública de Andressa Risseti Paim. Sete jurados fizeram a composição do conselho de sentença respondendo os quesitos sobre o fato criminoso.


Relembre o caso

Ileu dos Santos França (33) foi acusado pela tentativa de homicídio de Vanderlei Jairo Corneliu. O crime aconteceu no dia 19 de janeiro de 2018, no Bairro Campestre. França fez uso de uma faca para atingir a vítima. Segundo a denúncia do Ministério Público, o denunciado, por motivo fútil e valendo-se de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, tentou matar a vítima, desferindo golpes de arma branca que atingiram a linha axilar posterior e dorsal esquerdas, resultando em enfisema subcutâneo, perda aproximada de 1,5 litro de sangue e taquicardia sinusal. O motivo da agressão teria sido uma discussão no ambiente de trabalho, onde eram colegas.

Comments

SEE ALSO ...