Polícia

Número de mortos e feridos em acidentes é o menor desde 2010

Balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostra eficiência do trabalho da Delegacia de Lajeado

Créditos: Caroline Garske
BONS RESULTADOS: ações educativas, de fiscalização e de enfrentamento ao crime foram realizadas durante 2018 - Lidiane Mallmann

Lajeado - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta quarta-feira (2) um balanço referente ao trabalho realizado em 2018 no trecho sob a responsabilidade da Delegacia em Lajeado, que compreende mais de 300 quilômetros da BR-386, entre Vitor Graeff e Nova Santa Rita, além de parte da BR-470. O balanço mostra que o número de mortos e feridos foi o menor desde 2010, quando os dados começaram a ser organizados de maneira informatizada.
Segundo o Chefe da Delegacia da PRF em Lajeado, Paulo Reni, o efetivo da delegacia diminuiu em 14% em 2018 e, mesmo com a dificuldade, o trabalho preventivo foi realizado. "A atual gestão assumiu no início de abril, tendo como principal meta a redução do número de mortos e feridos em acidentes no trecho sob nossa competência. Traçamos objetivos internos com a definição de iniciativas e ações para alcançar o resultado proposto", relata.
Ao longo de 2018, houve a fiscalização de 32.916 veículos e 34.321 pessoas, e foram aplicados 8.626 autos de infração. Destes, 126 ocorreram pelo fato de os condutores estarem dirigindo sob a influência de álcool (houve a aplicação de 12.154 testes de etilômetro), 735 pela falta do uso do cinto de segurança ou cadeirinha e 706 por ultrapassagens em local proibido, uma das principais causas de acidentes com morte nas rodovias. Nesses dados não constam as autuações decorrentes das operações com o radar, com o qual foram capturadas 11.086 imagens de veículos acima da velocidade máxima permitida para a via. As fiscalizações de excesso de peso resultaram num total de 110 autuações e quase 480 toneladas de excesso de peso. O excesso de peso nos veículos de carga é um dos principais responsáveis pelos danos causados ao pavimento.

Educação para o trânsito

As ações de educação para o trânsito é um dos pontos fortes da gestão. Com 15.431 pessoas atendidas em abordagens educativas e palestras em empresas e escolas, os motoristas - e futuros motoristas - foram orientados sobre os riscos das ultrapassagens irregulares e da alta velocidade, a importância da utilização do cinto de segurança, o perigo de manusear o celular enquanto se dirige, entre outros assuntos. "As abordagens a veículos e pessoas, passando orientações educativas, e a parceria com toda a imprensa regional e de boa parte do estado contribuíram para que os usuários da rodovia tomassem conhecimento de muitas informações, as quais foram responsáveis pelo atingimento do primeiro objetivo", comenta Paulo Reni. As ações educativas terão seguimento neste ano.

Prisões e apreensões

No enfrentamento ao crime em 2018, 130 pessoas foram detidas (em 2017 foram 311, e em 2016, 302 pessoas), e 30 veículos foram recuperados (no ano anterior foram 32, e em 2016, 22 veículos recuperados). O chefe da Delegacia de Lajeado, Paulo Reni, destaca o trabalho da área de inteligencia da PRF. "Utilizando da tecnologia, o setor nos entrega informações para que possamos realizar bem o trabalho." As apreensões tiveram grande destaque, especialmente de maconha, cuja quantidade foi mais de três vezes maior que em 2017. No dia 26 de abril de 2018, em Lajeado, a PRF recolheu mais de seis toneladas da droga, a maior apreensão da história no Rio Grande do Sul.

Apreensões
2018 - 8.095 kg de maconha; 477 mil maços de cigarro; 30kg de cocaína e 50kg de crack
2017 - 2.342 kg de maconha e 442 mil maços de cigarro.
2016 - 1.363 kg de maconha; 10 mil maços em 2016; 2 kg de cocaína e 1kg de crack.
Também aconteceram apreensões de armas, munições, bebidas, eletrônicos, medicamentos, cosméticos e vestuário.

Acidentes
2018 - 325 feridos leves, 89 feridos graves, 40 mortos
2017 - 493 feridos leves, 113 feridos graves, 50 mortos
2016 - 464 feridos leves, 160 feridos graves, 42 mortos
2015 - 435 feridos leves, 133 feridos graves, 49 mortos
2014 - 486 feridos leves, 140 feridos graves, 49 mortos
2013 - 483 feridos leves, 148 feridos graves, 58 mortos
2012 - 620 feridos leves, 153 feridos graves, 66 mortos
2011 - 575 feridos leves, 198 feridos graves, 43 mortos
2010 - 547 feridos leves, 193 feridos graves, 48 mortos

Comentários

VEJA TAMBÉM...