Polícia

Policiais farão assembleia para decidir andamento da greve

Créditos: Natalia Nissen
- Natalia Nissen

Vale do Taquari - Integrantes do Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores de Polícia (Ugeirm) devem fazer uma assembleia nesta quarta-feira (11) para avaliar o movimento grevista e definir uma data de encerramento da greve da categoria. Os encontros devem ocorrer em todas as regiões do Estado. Desde segunda-feira, os agentes da Polícia Civil paralisaram parte dos serviços em protesto ao atraso no pagamento de salários. Apenas ocorrências de flagrantes, crimes contra a vida, roubos, furtos de veículos, e crimes contra idosos, crianças e adolescentes, são registrados durante a greve. Os demais registros devem ser feitos pela internet ou após o retorno das atividades.

Nesta terça-feira, a Chefia da Polícia Civil emitiu uma nota reconhecendo o direito de manifestação dos agentes, porém destacando a importância da manutenção de serviços para que a sociedade não fique desassistida. "Os delegados de polícia, gestores dos órgãos policiais, considerando eventual redução do efetivo, avaliarão quais as demandas prioritariamente deverão ser atendidas, no que, temos absoluta certeza, falará mais alto o bom senso e a responsabilidade profissional de todos os policiais, agentes e delegados. A Chefia de Polícia acompanhará o desenvolvimento da atividade policial neste período, a fim de evitar prejuízos aos cidadãos. A polícia é única, juntos somos fortes e merecedores da confiança da sociedade, que não ficará desamparada, mesmo nos momentos mais difíceis", informa o documento.

Serviço
Ocorrências podem ser registradas no site www.delegaciaonline.rs.gov.br. O sistema aceita registros de perda ou localização de documentos; acidentes de trânsito com danos materiais; furtos; ofensas; maus-tratos contra animais; perturbação; dano; dano causado por fenômeno da natureza e violação de domicílio, entre outros.

Comentários

VEJA TAMBÉM...