Polícia

Valente não corre mais risco de morte

Boletim de ocorrência contra os antigos donos foi registrado


- divulgação

LAJEADO | O Valente, cão que foi salvo pelos Bombeiros Voluntários de Imigrantes e Colinas (Imicol), já não corre mais risco de morrer, segundo a Associação Amigos dos Anjos de Quatro Patas. Ele está internado na clínica veterinária Lajevet, em Lajeado.


Conforme a Amigos dos Anjos de Quatro Patas o quadro está estável, mas o cachorro está muito anêmico, pois perdeu uma quantidade enorme de sangue. "Hoje ele fez uma transfusão que deve estabilizar essa situação", diz a associação em nota.


Ainda não há previsão de alta. Um boletim de ocorrência contra os antigos donos do cachorro foi feito junto à Delegacia de Polícia Civil. Agora, a associação realiza uma vaquinha online para arrecadar dinheiro para continuar com o tratamento do animal.

O comandande dos Bombeiros Voluntários Imicol, Marcelo Ceppo, contou que a corporação pretende adotar Valente. No sábado (5) pela manhã, quando Ceppo visitou o cãozinho na clínica, ele relatou que Valente estava melhor e até o reconheceu quando chegou. "Ele me reconheceu na hora, isso não tem preço. Ele já é um bombeiro", afirma o comandante. A Imicol já se prepara para receber Valente. Os bombeiros preparam uma recepção ao novo soldado, que terá até uniforme.


Relembre o caso


Um cachorro macho foi salvo na tarde des sexta-feira (4) pelos Bombeiros Imicol. A organização Amigos dos Anjos de Quatro Patas recebeu denúncias de que o animal estava sendo agredido e maltratado pelos donos.


Em seguida, os voluntários acionaram a Imicol, que realizou o salvamento do cachorro, que estava em uma residência no interior de Imigrante. O cão apresentava sinais de cortes de facão pelo corpo. Além disso, os profissionais livraram o animal de uma corrente que lhe cortava a carne no pescoço. "Valente", como foi apelidado pelos bombeiros, foi internado e medicado.

Comments

SEE ALSO ...