Política

Câmara aprova cedência temporária de espaço para agência do Banco do Brasil

Instituição bancária atenderá agricultores em prédio onde funciona a biblioteca

Créditos: AI Câmara de Vereadores de Santa Clara do Sul
- Rafael Simonis/Câmara de Vereadores/divulgação

Santa Clara do Sul - Enquanto trabalha na recuperação da sede destruída durante o ataque criminoso do dia 6 de março, quando bandidos explodiram a agência do Branco do Brasil, localizada no município, a instituição financeira atenderá temporariamente em espaço cedido pelo governo municipal. O local escolhido é o prédio onde funciona a Biblioteca Pública. O projeto autorizando a cedência da sala foi aprovado pelos vereadores na sessão da semana passada, dia 21 de março.

De acordo com a matéria, o Banco do Brasil poderá utilizar o espaço por 90 dias, com possibilidade de prorrogação por igual período. No local a instituição atenderá, principalmente, produtores rurais que buscam operações de custeio e investimento para as suas propriedades, evitando o deslocamento a Lajeado ou outros municípios. Não haverá qualquer tipo de movimentação financeira nesse espaço.

O projeto atende a um pedido da gerência do Banco do Brasil de Santa Clara do Sul, que no início do mês foi vítima de assalto em que os criminosos se utilizaram de trabalhadores de uma indústria de calçados para fazer um cordão humano e, em seguida, explodiram a agência numa ação que durou cerca de 30 minutos.

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...