Reportagens Especiais

A casa se abre com festa


Uma casa cheia de luz se abriu ontem para receber pela primeira vez os seus visitantes ilustres: atletas e torcedores, que são a essência de um estádio de futebol. Uma programação que emocionou todos antecedeu o jogo oficial contra o Caxias. Os primeiros a pisarem no tapete verde foram os prefeitos da Amvat e um time da direção do Lajeadense e convidados. A vitória foi da equipe dos chefes do Executivo, por 1x0. O único gol foi marcado pelo prefeito de Santa Clara do Sul, Paulo Kolhrausch, que lembrou seus tempos de centroavante goleador.
Em seguida, houve execução de hinos, show da Banda Studio e pronunciamentos do presidente Mário Dutra; ex-presidente Nilson Giovanella; do presidente da Amvat Ivo Lautert de Souza; do representante da Federação Gaúcha de Futebol, Luciano Hocsmann; e do representante da Prefeitura de Lajeado, Mozart Lopes. Em uníssino, todos destacaram a grandeza do momento e da sua importância para o esporte do Vale do Taquari. A bênção do padre Francisco e do pastor Luis e o corte da fita que foi estendida de um lado a outro do gramado encerraram a parte festiva da noite, pródiga em emoções.

Lajeadense, um clube valioso

No dia da inauguração de seu novo estádio, a direção do Lajeadense recebeu mais uma ótima notícia. O resultado de uma pesquisa realizada pela Pluri Consultoria, de Curitiba (PR), que dimensiona o tamanho real da virada proporcionada pelo grupo que assumiu o Clube Esportivo Lajeadense há três anos. A investigação, divulgada ontem, coloca o Alviazul como a terceira equipe mais valiosa do Campeonato Gaúcho de 2012, à frente de Juventude e Caxias. O time de maior valor estimado é o Internacional, que é também, o terceiro mais valioso do Brasil, seguido pelo Grêmio. O time mais valioso do interior do Rio Grande do Sul é o Lajeadense. Esse valor não tem a ver com a folha de pagamento do clube, que é bem modesta, e sim com valor estimado para cada atleta.
A metodologia considera 15 variáveis: idade, qualidade técnica, capacidade de definição de jogo, velocidade, disciplina tática, disposição, regularidade, criatividade, aspecto disciplinar, espírito de equipe, força física, condição clínica/histórico de lesões, posição em que joga, presença na seleção de seu país, títulos conquistados e capacidade de geração de retorno de marketing.

Colocação

Os clubes do Gauchão estão assim avaliados, do 1º ao 16º lugar: Inter, Grêmio, Lajeadense, Caxias, Juventude, Novo Hamburgo, Cruzeiro, São José, Veranópolis, São Luiz, Pelotas, Ypiranga, Canoas, Avenida, Santa Cruz e Cerâmica.

Comentários

VEJA TAMBÉM...