Reportagens Especiais

A sociedade na luta contra o câncer

Aapecan presta apoio a pessoas em tratamento, de diversas cidades da região

Créditos: Rodrigo Nascimento e Thaís Presser
- Lidiane Mallmann
Vale do Taquari - A Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (Aapecan) é uma organização não governamental (ONG), de direito privado, sem fins lucrativos e econômico, que trabalha com pessoas com câncer vindas de diversas cidades da região.

Segundo a assistente social Fabiola Daniela Fagundes, para receber ajuda da Aapecan, o paciente precisa se cadastrar na associação. Esse cadastro é feito mediante a apresentação de laudo médico, comprovando a doença, e visita domiciliar, onde a assistente social preenche o prontuário histórico pessoal e familiar, confirmando a necessidade de cada usuário.

Em seguida, é definido que tipo de benefício material o usuário receberá. No entanto, o trabalho da associação não se restringe apenas ao fornecimento de materiais. "Os pacientes atendidos encontram na entidade outros atendimentos e atividades, como, por exemplo, grupos de apoio, de acolhimento, artesanato, oficina de música e a casa de apoio", relata.

A Casa de Apoio
A Casa de Apoio foi inaugurada em 28 de março de 2011. O local é destinado ao alojamento de pacientes de radioterapia e quimioterapia, cadastrados na associação, que vêm em busca de tratamento oncológico no Hospital Bruno Born.

De acordo com Fabiola, os usuários passam por um processo de avaliação médica e, então, serão devidamente encaminhados para a casa, onde ficarão hospedados durante o período de tratamento, tendo como dever ter um acompanhante/responsável consigo.

A Casa funciona de segunda a sexta-feira, oferecendo aos hóspedes quatro refeições diárias, além de suporte de nutrição, assistência social, psicológica, participação das oficinas de artesanato, reiki e massagem.

A assistente social descreve que o alojamento fica junto à Aapecan, no Bairro São Cristóvão, e são disponibilizados dormitórios para 12 pessoas, sendo seis pacientes e seis acompanhantes. Há, ainda, outros cômodos que são utilizados para oficinas de artesanato, pintura e atividades de recreação durante a estada dos pacientes

Atendimento
A Aapecan possui 730 cadastrados. Destes, 327 são cadastros ativos, de pacientes que estão em atendimento. "Estas pessoas recebem benefícios tais como medicação, suplementos, fraldas, protetor solar, auxilio exames, passagens, alimentação, entre outros", ressalta Fabiola. Conforme a assistente social, na Aapecan, o tipo de câncer mais comum de pessoas em tratamento é o de mama. Há ainda pacientes que recebem tratamento para os mais diversos tipos de câncer, entre eles, de próstata, de laringe, de esôfago, no intestino e leucemia.

Um espaço de vitórias
Marilene Souza de Oliveira (49), consultora de aluguel que descobriu que estava com câncer de mama em 2009, acredita que, além da fé, a ajuda e a motivação da família e de instituições como a Aapecan são fundamentais no tratamento.

Tanto que, mesmo com o atestado de cura do câncer, ela continua a frequentar a entidade. Com os demais pacientes, Marilene entrou para as oficinas de massagem e canto - a preferida dela. "Eu gosto tanto de cantar que continuo. Eu estou de alta, mas continuo cantando com eles", confessa Marilene.

Da época em que ela tomava os remédios para tratar da doença, obteve ajuda com medicação, conforto e carinho nas paredes da Apecan. "É tudo de bom, eu sou muito grata por tudo que eles fizeram por mim, sempre fui muito bem atendida, desde a recepção até o atendimento de outros profissionais. Eles me ajudaram a enfrentar esta doença, com certeza."

Como contribuir com a Aapecan
Doações para a Aapecan podem ser feitas na própria associação, de segunda-feira a sábado, ou através de depósito bancário:
Banco: Caixa Econômica Federal
Conta Corrente: 34-5
Agência: 3141
Operação: 003
A Aapecan está localizada em Lajeado, na Rua Emílio Abichequer, n° 123, Bairro São Cristóvão, em Lajeado. O telefone para contato é (51) 3714.2523.

Veja também:
Tratamento de ponta é disponível no Vale

Marilene: o câncer tem cura, sim

Comentários

VEJA TAMBÉM...