Reportagens Especiais

Adrenalina milionária no Uruguai

Punta Life + leva 23 supercarros, avaliados em R$ 10 milhões, de Porto Alegre a Punta del Este

Créditos: Diogo Botti
- Diogo Botti
Porto Alegre - O ajuste do retrovisor é detalhado, assim como a colocação da rota no GPS. O painel arredondado com marcação em milhas, o acabamento arrojado, digno de um clássico americano. Detalhes únicos do Mustang ano 2012, comprado há um mês pelo empresário santa-mariense Maurício Castro, por R$ 198 mil. "A realização de um sonho de infância", resume. O capô largo e a visibilidade prejudicada pela saída de ar imensa são apenas algumas das características desse muscle car de 400 cavalos de potência e de ronco vibrante e indescritível que nos leva de carona como único jornal do Estado para a primeira edição do Punta Life +. 

Além do Mustang de Castro, outros 22 carros se prepararam para embarcar nesse evento único que reuniu homens e suas máquinas maravilhosas entre os dias 16 e 18 deste mês. Uma reunião de supercarros para um passeio de mais de 1,6 mil quilômetros entre Porto Alegre e Punta del Este, no litoral uruguaio.


Idealizado pelos empresários Thomas Fontana e Guilherme Costa o encontro buscou reunir amantes de carros velozes para uma aventura ímpar em torno de um destino sofisticado e repleto de atrações elitizadas.


Entre os modelos que embarcaram rumo ao Uruguai destaque para Ferrari 458 ano 2011 de cor amarela adquirida recentemente por R$ 1,1 milhão. Porsche Carrera 911, Aston Martin DB9, Audi R8, Nissan GT-R além de um Corvette Stingray também eram o foco dos flashes dos curiosos a cada parada do grupo ao longo do trecho.

Rumo a Punta

Em comboio até a entrada da BR-116, o grupo aos poucos foi se dispersando, mais em função do tráfego do que da ousadia de máquinas que chegam a superar os 350km/h. Ainda conhecendo as "manhas" do carro, Castro nos levou até Pelotas num ritmo normal. "Vamos sem loucuras. Tem motor ai que ainda desconheço. O problema não é acelerar, é parar (risos)", afirmou.


Na capital nacional do doce, a parada no restaurante Chu serviu para socializar ainda mais os participantes que se dividiram ao longo desse primeiro percurso. A reportagem fez o mesmo e entre uma história e outra chegamos a Paulo Goelzer de Erechim. Ao lado de esposa e do filho, o advogado ainda se surpreende com o desempenho da sua Mercedes ML 350, único carro a diesel do evento, mas revela que sua verdadeira paixão está sob duas rodas: Harley-Davidson. "Participo de diversos grupos pelo estado e até Brasil. Vou a encontros e tenho um carinho muito especial pelas amizades que fiz ao longo desse tempo e pelos lugares que conheci", comentou o advogado que é proprietário de uma V-Rod Muscle, moto equipada com motor Porsche de 1250cc e 130 cavalos de potência.


Durante a almoço conhecemos ainda o outro membro da família Goelzer, Jorge. Mas isso é assunto para a volta.


Entre algumas (várias) paradas em postos de combustíveis, nosso percurso passou pelo Chuí até chegar a fronteira do Uruguai. Com a documentação previamente providenciada (conferir no quadro), cada carro era fiscalizado antes de ser liberado para ingressar no país vizinho.


Com estradas de dar inveja as nossas, o trecho até Punta del Este foi de testar as máquinas, inclusive nosso Mustang que nessas alturas já estava na "mão" de Maurício. Com um cenário natural deslumbrante, o Punta Life + chega a seu destino sem percalços.


Na manhã do sábado, o grupo perdeu um seguidor. O Camaro 2011 V8 de 600 cavalos de Demontirz Jr. de Porto Alegre entrou em modo de emergência, limitando o câmbio a terceira marcha. Sem conseguir resolver sem o auxílio de uma assistência técnica especializada, o participante embarcou de volta rumo a capital gaúcha.
A programação incluiu ainda almoço no Las Cumbres, local paradisíaco com vista privilegiada de parte do litoral uruguaio além de jantar no badalado hotel Fasano Las Piedras.





De volta a realidade

Um domingo ensolarado marcou a despedida do grupo de Punta del Este. Após um luxuoso café da manhã no Fasano Las Piedras partimos rumo aos 230 quilômetros pela Ruta 9 até a fronteira com o Brasil. A parada no Chuí para rechear o porta malas com mercadorias do free shop foi a última parada antes da nossa história trocar de protagonista.


Com Maurício mudando a rota rumo a Santa Maria, passamos a ocupar o carona do Corvette Stingray branco 2014 do Jorge, o outro Goelzer que conhecemos na ida e que praticamente nos adotou ao longo do passeio.


Prestes a completar 50 anos, mas com espírito de 20, Jorge Goelzer retornou sozinho a Erechim em função de compromissos profissionais. Sem a esposa que ficou junto com seu irmão, Paulo, para um percurso que incluiu ainda Montevidéu e Buenos Aires, nosso piloto agora vestia boné, camiseta e bermuda jeans.


Com escritório de advocacia estabelecido no norte do estado, Jorge Goelzer é um apaixonado por carros. A infância pobre ganhou novas cores com a compra de um Dodge Magnum SRT8 2006. "É um carro fantástico. Único. Ainda não achei algo de melhor dirigibilidade", ressaltou.


No trecho entre Pelotas e Porto Alegre, passamos por acidentes, congestionamentos, um trafego maluco até a capital. No final, o retorno de Jorge até Erechim nos trouxe de volta à Lajeado, local onde ele pernoitou na casa de um amigo.


A experiência gratificante podia ser vista no olhar de cada um daqueles participantes. Ainda que o desgaste da viagem ficasse visível ao longo do percurso, a satisfação de compartilhar aquele momento com pessoas que tem na velocidade e na paixão por carros um hobby diário, sentencia o grupo a seguir acelerando atrás de novos encontros. "Essa foi a nossa primeira atividade oficial. Manter o ciclo unido talvez seja a maior dificuldade, mas pela receptividade que tivemos, acho que só será questão de ajustar as datas", afirmou Thomas Fontana, um dos organizadores do passeio.


O passeio a Punta Life +contou com o apoio oficial do Governo Uruguaio e de Punta del Este. A reportagem contou com o patrocínio da Casa Nostra e Motomecânica - Concessionária Volkswagen. Não perca amanhã, no jornal O Informativo do Vale o resumo dessa história com apresentação de alguns dos personagens que deram vida à viagem.


Agenda

Ainda no percurso de volta, através do grupo criado no whatsapp, novas datas já surgiram. Nos dias 28 e 29 de março o clube se encontrará em Gramado na Serra Gaúcha para um final de semana de atividades pelo município. Em maio o destino é Erechim para exibição e participação em um rali local.


No entanto, será entre os dias 3 e 7 de junho o encontro que já gera ansiedade nos integrantes. Os organizadores arquitetam uma viagem aos Estados Unidos onde alugarão supercarros. O percurso correrá à Flórida incluindo Miami, Orlando e o autódromo de Daytona. A participação é aberta a proprietários. Interessados podem obter mais informações no site life-plus.club.



Documentação


Para ingressar no Uruguai o turista deve estar prevenido com alguns documentos. Segundo a embaixada do país, é necessário a cédula de identidade ou RG, expedida pela Secretaria de Segurança Pública. Caso contrário o ingresso no país poderá ser feito pelo passaporte. Além disso é necessário obter nos postos da polícia da fronteira o registro de entrada e saída do Uruguai.


Para viagens de carro serão necessários: o documento do veiculo, o RG do proprietário e a carteira de motorista. Se o documento do veículo não estiver no nome do motorista ou se encontre em nome de pessoa jurídica, será obrigatório obter autorização do proprietário para realizar a viagem, o documento deverá ter a firma reconhecida em cartório. Esta autorização deverá ser legalizada no consulado mais próximo. Os endereços constam na página (clique aqui)


É necessário ainda providenciar um seguro do veículo que tenha validade no Uruguai. Isso é feito nas seguradoras e é chamado de "Carta Verde".


O prazo de permanência para turistas é de 90 dias renovável por mais 90. Os equipamentos do veículo são os mesmos solicitados pela polícia brasileira.

 

As máquinas

Modelos para todos os gostos, carros que encantam pela beleza, tecnologia, mas principalmente pela performance no asfalto. Se o Punta Life + acabou sendo um sucesso, muito passa pelas máquinas que levaram no nome do evento até o Uruguai e arrastaram curiosos em qualquer lugar que o grupo encostava.

Comentários

VEJA TAMBÉM...