Reportagens Especiais

Danielo Bruxel tem quase 10 pontos à frente de Sidnei Eckert

Grupo Independente e Jornal O Informativo divulgam a quarta pesquisa eleitoral encomendada junto ao Instituto Methodus


Arroio do Meio - O ex-prefeito Danilo José Bruxel (PP) lidera a disputa pela Prefeitura de Arroio do Meio. A pesquisa eleitoral realizada pelo Instituto Methodus, e encomendada pelo Grupo Independente e jornal O Informativo, mostra que ele, na versão estimulada, na qual são apresentados os nomes dos candidatos, tem 9,7% a mais do que o atual prefeito Sidnei Eckert (PMDB). Enquanto o progressista está com 44,5%, o peemedebista tem 34,8%. Em terceiro aparece Lúcio Roque Bersch (PV) com 8,5%. Na espontânea, em que os entrevistados citam os nomes, a diferença praticamente acaba. Bruxel está com 11,3% contra 11% de Eckert e 1,8% de Bersch.

É alto, na espontânea, o índice de pesquisados que não soube dizer em quem votaria. Soma 75,3%. Bem maior do que em Cruzeiro do Sul, por exemplo, que é de 43,5%. Já na estimulada este número cai para 7,3%, sendo o menor índice entre as cidades pesquisadas (Encantado: 11,8%; Estrela: 10,8%; e Cruzeiro do Sul: 8%), tendo também o registro de 5% para brancos e nulos.

Quanto à rejeição, Bersch tem o maior índice. Está com 28%. O atual prefeito, Sidnei Eckert, tem 23,5%, e Danilo Bruxel, o menor, 12,8%. Ao serem perguntados sobre o grau de interesse no processo eleitoral, os arroio-meenses só aparecem na frente de Estrela, que ficou com 14%. Em Arroio do Meio os que responderam "muito interessado" somam 16,3%. (em Encantado são 19,8% e Cruzeiro do Sul, 28,5%). "Pouco interessado" foi a resposta de 55% dos entrevistados. "Nada interessado" foi a resposta de 28,8% dos eleitores.

 

Saiba mais

É a quarta pesquisa publicada pelo Grupo Independente e Jornal O Informativo, e a primeira de Arroio do Meio. A cidade terá mais uma pesquisa, em setembro, assim como os municípios de Encantado, Estrela, Cruzeiro do Sul e Teutônia. Somente Lajeado terá três - a terceira em outubro. A pesquisa realizada em Arroio do Meio foi coletada nos dias 11 e 12 de julho, ouvindo 400 pessoas. Está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número do protocolo RS-00038/2012.

 

Rumo certo

Ao serem questionados sobre os rumos do município, 83% dos entrevistados disseram acreditar que Arroio do Meio está no rumo certo. Outros 16,8% pensam que o rumo está errado, enquanto 0,3% não souberam opinar. O alto índice de satisfação não repercute na demonstração do interesse de manutenção das políticas da atual administração. Apenas 10% acham que todas devem ser mantidas. A maior parte, 44%, prefere que o próximo prefeito continue com a maioria e mude algumas políticas. Mudar a maioria e continuar com algumas é a opção de 32,8%.

O governo da presidente Dilma Rousseff está aprovado em Arroio do Meio. Dos entrevistados, 64% consideram bom ou ótimo. A qualificação como regular foi dada por 30,9%. Já a administração de Tarso Genro conseguiu 43,3% como bom ou ótimo. Regular foi escolhido por 43,6%.

 

Estradas é preocupação nos bairros

Asfalto/pavimentação/estradas parece ser a preferência de todos os municípios, quando o questionamento é sobre o principal problema do seu bairro. Entre os arroio-meenses, esta também é a maior preocupação. São 41,3% das respostas. A saúde, seguindo Encantado, Estrela e Cruzeiro, está em segundo, com 11,3%. Saneamento básico/esgoto/alagamento tem 8%. Na sequência vem segurança, com 7%, seguido pela limpeza urbana e coleta de lixo, com 4%; trânsito com 3,3%; e iluminação pública com 3%. Os demais ficam abaixo de 1,8%.

Em abrangência maior, sobre a necessidade de investimento no município, a preocupação também é com asfalto e pavimentação, com 4,94 de média. É seguido de perto pelo atendimento à saúde pública, com 4,56. Segurança está em terceiro com 3,33. A menor atribuição é quanto ao abastecimento de água, que teve 0,29. Esta média é ponderada e foi calculada a partir dos valores atribuídos à escala de importância, ou seja, a primeira colocação recebeu peso 10 e a última, 0 (zero).

 

Boa: água e educação. Ruim: combate às drogas

Em relação à avaliação dos serviços prestados pelo município, a qualidade e fornecimento da água lidera a opinião dos entrevistados. Foram 87,1% de conceito bom ou ótimo; é seguido pela educação, que tem 82,4%. A parte ruim fica com o combate à drogadição, que teve 39,3% de conceitos péssimo ou ruim. A outra avaliação negativa é quanto ao asfalto e pavimentação, que teve 35,1% destes mesmos conceitos.

 

Amigos e parentes

Os amigos e parentes, assim como em Estrela e Cruzeiro do Sul, são as fontes de informação sobre os candidatos. A opção obteve 74,7%. O jornal vem em segundo com 48%. Diferente dos outros municípios, a visita dos políticos ganha mais destaque, ficando com 18,3%, à frente do horário eleitoral gratuito de rádio, que teve 17%. Isto vale para os 75% que dizem buscar informação sobre a trajetória, projetos e propostas dos postulantes ao Executivo. Os outros 25% falam que não se informam antes de votar.

 

Ficha Técnica da Pesquisa

 

Período de realização da pesquisa Dias 11 e 12 de julho de 2012

Margem de erro 5 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados obtidos em um intervalo de confiança de 95%

Número de entrevistas 400 entrevistas

Nome do contratante Rede Vale de Comunicação Ltda. e Rádio Independente Ltda.

Nome da empresa que realizou a pesquisa Instituto Methodus Análise de Mercado SS Ltda.

Número do registro RS-00038/2012

Data para divulgação 18 de julho de 2012

Comentários

VEJA TAMBÉM...