Reportagens Especiais

Símbolos católicos chegam ao Vale...

Programação organizada pela Diocese de Santa Cruz do Sul traz à região a Cruz...


Vale do Taquari - A partir das 22h de hoje, a Cruz Peregrina e o Ícone de Maria, vindos do Vaticano, estarão em solo regional. É a preparação para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que ocorre no Rio de Janeiro em julho de 2013. Antes de ir à Cidade Maravilhosa, os jovens do Vale são chamados a orar, celebrar, cantar e receber as bênçãos dos amuletos dados por João Paulo II na década de 1980. A primeira parada é na Paróquia Santo Inácio de Loyola, em Lajeado. Após, a peregrinação da fé católica segue para Encantado, que estará em vigília.
"Ide e fazei discípulos entre todas as nações", Mateus 28,19. Essa é a missão da juventude diocesana que está em sintonia com a Santa Sé. O evento que prepara o terreno para a vinda do papa Bento XVI ao Rio de Janeiro foi "batizado" de Bote Fé pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). "A ideia é botar fé no coração das pessoas. Nos jovens, principalmente, mas também em todos aqueles que creem na força da oração", justifica Fernanda Fischer (29), integrante da comissão organizadora do Bote Fé no Vale. Ela e um pequeno exército de 70 voluntários estão em comunhão para coordenar a recepção da cruz. São 40 quilos de madeira e uma réplica de uma imagem da Virgem Maria.
O movimento é a renovação da igreja. O papa João Paulo II criou as jornadas em 1984, na intenção de aproximar os jovens da igreja, numa época em que o esvaziamento da fé católica começava a bater na sacristia. Para o bispo diocesano dom Canísio Klaus, o santo padre, que hoje é beato da igreja, teve a "inspiração de acolher a juventude com a cruz de Jesus em um gesto de amor". O prelado explica que o beato João Paulo II abriu as portas da igreja católica ao mundo e é reconhecido como o Papa das Nações. Nesse cenário, o papel da juventude torna-se importante motivador da fé cristã.
O bispo fala em envolvimento, em comunhão e em unidade. "Agora é a nossa vez, é a vez de os jovens brasileiros tocarem na cruz e se tocarem por ela. Para que a mensagem de Jesus possa cativar todo mundo. Jesus confia no tempo, na força, na organização e na fé da juventude", convida.

Bota Fé no Vale
Em Lajeado, a cruz e a imagem chegam às 22h. Mas a partir das 20h30min, uma série de atrações faz parte da programação do Bota Fé no Vale. Em frente da Igreja Santo Inácio vai ter o Evangelizashow, com uma banda formada por participantes dos grupos de jovens que organizam o evento. "Vai ter bailarinos também, eles ensaiaram coreografias para as músicas, será um momento de evangelização e muita fé", antecipa Fernanda. À meia-noite ocorre queima de fogos de artifício, e os símbolos seguem para Encantado.

Procissão da fé
em Encantado
Saindo de Lajeado, a Cruz Peregrina e o Ícone Mariano devem chegar em Encantado por volta da 1h de quinta-feira. Mas a movimentação começa a 0h30min. "Os peregrinos serão recebidos em frente do Colégio Cenecista Mário Quintana, na Rua Padre Anchieta, após sairemos em procissão da luz até a Igreja Matriz São Pedro, onde acontecerá a vigília cultural até as 5h", conta Ana Paula Gotardi, colíder do Grupo de Jovens Juventude Scalabriniana (Juves). Assim como em Lajeado, a da banda da Juves vai animar os participantes com cantos, orações, vídeos, preces e encenação.

A peregrinação
A Cruz Peregrina chega à Diocese de Santa Cruz do Sul por volta das 17h de hoje. No Seminário São João Batista, em uma cerimônia reservada, a cruz que vem da Jornada Mundial de Madri, na Espanha, toca a cruz maior - símbolo da Diocese. Após esse rito, segue a romaria pela região.
A primeira cidade a receber os objetos abençoados é Venâncio Aires. Está prevista para as 19h recepção dos símbolos. Em Lajeado, a cruz será recebida às 22h. Após, ela segue para uma vigília luminosa em Encantado, da 1h às 5h. Ainda na madrugada, o Icone de Maria e a Cruz Peregrina vão a Rio Pardo, onde serão recebidos às 7h30min de quinta-feira. A última parada é em frente da Catedral São João Batista, em Santa Cruz do Sul, às 9h30min, na única celebração que será realizada nos vales do Taquari e Rio Pardo. A missa é festiva em comemoração aos 53 anos de instalação da Diocese. "Para nós é uma feliz coincidência e uma bênção poder contar com esse presente em nosso aniversário", comemora o bispo.

Em 2013: Rio de Janeiro
A Jornada Mundial da Juventude ocorre de três em três anos. Por causa da realização da Copa do Mundo no Brasil em 2014, o evento de fé foi antecipado em um ano. Entre os dias 23 e 28 de julho, peregrinos do mundo todo estarão reunidos no Rio de Janeiro. A Diocese de Santa Cruz está cadastrada para receber peregrinos que vêm para o Brasil. "Por isso é importante a presença de famílias voluntárias para o acolhimento", destaca Fernanda. Uma semana antes da jornada ocorre uma espécie de intercâmbio cultural entre os estados. O Papa Bento XVI é quem conduz a celebração da Jornada Mundial da Juventude.

Rodrigo Nascimento
[email protected]

Comentários

VEJA TAMBÉM...