Edição on-line

Alunos prestam prova para certificação internacional

Testes verificam conhecimento em línguas estrangeiras de estudantes do Colégio Evangélico Alberto Torres

Créditos: Da redação
Aplicação de provas de proficiência é tradição no Ceat - Josiane Martini/Ceat/divulgação

Lajeado - O domínio de línguas estrangeiras permite a interação com pessoas de outras nacionalidades, dá acesso a programas de estudo e intercâmbio e abre portas no mercado de trabalho. Pensando nisso, o Colégio Evangélico Alberto Torres (Ceat) oferece aos seus alunos a possibilidade de fazerem as provas de proficiência em língua alemã e inglesa. Ambas avaliam os conhecimentos a partir das quatro competências indicadas pelo Marco Comum Europeu: falar, ouvir, ler e escrever.

Na sexta-feira (14), foi realizada a segunda etapa da prova de proficiência em língua alemã DSD I em nível BI para 12 alunos da 2ª e 3ª séries do Ensino Médio. Ela avaliou o desempenho oral dos estudantes e é acompanhada pela representante do governo alemão, professora Susanne Gebhardt, e pela avaliadora certificada, professora Roseli Kussler. Os alunos já fizeram a etapa escrita, realizada em agosto. Se aprovados neste nível de proficiência, os estudantes receberão do governo alemão um diploma vitalício que atesta os conhecimentos na língua.

O alemão integra o currículo de ambas as unidades do Ceat. Na 5ª série, ocorre a primeira prova de proficiência, a A1, e, na 9ª série, a segunda avaliação, a A2. A aprovação nestes níveis gera certificados que permitem a participação na prova, realizada durante o Ensino Médio para aqueles que seguirem estudando a língua como atividade optativa. A proficiência é viabilizada pela ZFA, organização ligada ao KMK, Ministério da Educação Alemã. O Ceat aplica as provas há cerca de 30 anos.

Além da proficiência em língua alemã, o Alberto Torres oferece, desde 2017, a avaliação de língua inglesa certifica pela Universidade de Cambridge. A avaliação escrita e oral acontece na 8ª série do Ensino Fundamental e na 2ª e 3ª séries do Ensino Médio.

Comentários

VEJA TAMBÉM...