Ano XLIII - Segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017
Estamos pesquisando sua consulta.
Por favor aguarde alguns instantes!
lupa
Preso quarto suspeito de assassinato de empresário
Home  |   Notícias   |   Polícia   |  Preso quarto suspeito de assassinato de empresário
16 de fevereiro de 2017

Preso quarto suspeito de assassinato de empresário

Três homens já haviam sido presos no início da semana, em Estrela e São Gabriel

Crédito da foto: Polícia Civil/divulgação

São Gabriel - Um homem de 19 anos foi preso nesta quinta-feira (16) pela Polícia Civil. Ele estava foragido e é suspeito de envolvimento na morte do empresário Jonas Vieira (31), ocorrida no dia 29 de janeiro, em Estrela. O homem foi encaminhado ao Presídio Estadual de Lajeado.

Ele é o quarto preso por relação com o homicídio. Três pessoas foram presas na segunda-feira (13). De acordo com a polícia, as investigações apuraram que o crime foi motivado por ciúmes e questões financeiras. O sócio da vítima, o companheiro, um tio e um conhecido do sócio foram presos.

Relembre o caso
Jonas Vieira (31) foi morto com golpes de barra de ferro na cabeça, na noite de 29 de janeiro, na empresa da qual era sócio, às margens da RSC-453 em Estrela. O sócio também estava no local para uma suposta reunião e alegou que três assaltantes invadiram a empresa e amarram-no em um cômodo. Quando ele conseguiu sair, teria encontrado Vieira caído e ferido. Apesar da alegação do assalto, apenas o equipamento de gravação das câmeras de vigilância teriam sido levados pelos criminosos. O sócio da vítima foi até a rodovia pedir socorro e a Polícia Civil foi acionada por volta da meia-noite. Ele teria relatado que ficou preso por aproximadamente três horas até conseguir se soltar e sair da empresa.

Segundo o titular da Delegacia de Polícia (DP) de Estrela, José Romaci Reis, imagens captadas pelas câmeras de videomonitoramento de estabelecimentos próximos ao local do crime e da casa de um dos suspeitos foram fundamentais para esclarecer o caso. As investigações também contaram com o apoio da DP de São Gabriel, que localizou a casa onde estava o veículo usado pelos criminosos.

Conforme o delegado, o sócio de Vieira foi quem o atraiu até o local do crime, que estava planejado para ocorrer ainda no dia 26. O assassinato, porém, teria sido arquitetado pelo companheiro do sócio, que já havia se desentendido com o empresário em diversas ocasiões. 



Crédito da notícia: Natalia Nissen
Última atualização: 16 de fevereiro de 2017 às 15h24min
Comentário [ + ]
Geral - 20/02

Repassados R$ 200 milhões para quitar dívidas com hospitais

O governo do Estado liquida as dívidas com as instituições que somavam R$ 276 milhões desde 2016
VERSÃO IMPRESSA
Edição 11274
Terça-feira
21/02/2017
Caderno Principal
Edição 11273
Segunda-feira
20/02/2017
Caderno Principal
Edição 11272
Sábado
18/02/2017
Caderno Principal
Edição 11271
Sexta-feira
17/02/2017
Caderno Principal
Edição 11270
Quinta-feira
16/02/2017
Caderno Principal
Edição 11269
Quarta-feira
15/02/2017
Caderno Principal
Edição 11268
Terça-feira
14/02/2017
Caderno Principal
O Informativo do Vale  - Av. Benjamin Constant, 2197 - Lajeado/RS - Fone: (51) 3726.6700