Variedades

Álbum de Delazeri e Juan Pablo deve ser lançado na metade do ano

Durante passeio em Lajeado, cantor encantadense anunciou que CD será totalmente composto por faixas de ópera e lançadas em plataforma digital

Créditos: Paulo Messa
APOIO: Edson Bertozzi, proprietário da Casas Bertozzi, aposta no talento regional patrocinando o jovem tenor - Paulo Messa

Lajeado - Em visita a Lajeado, ontem à tarde, a mais recente revelação musical da região do Vale do Taquari, Vitor Delazeri, dupla com o catarinense Juan Pablo, anunciou que o CD - prêmio de vencedores do quadro Quem Sabe Canta do Programa Raul Gil, no SBT - deve estar nas lojas até a metade de 2018.

Durante entrevista à reportagem do jornal O Informativo do Vale na loja Casas Bertozzi, uma de suas patrocinadoras, o jovem de 14 anos relatou que a carreira e as gravações estão a todo vapor, e começaram poucos dias após a participação no programa televisivo.

Aproveitando as férias com a família o cantor se demonstra muito contente por tudo que está acontecendo em sua vida, especialmente com a dupla, formada há cerca de um ano e três meses, mas não esquece de seus importantes vínculos para a construção da carreira, iniciada aos 9 anos.

"Aprendi que eu podia cantar quando estava passeando no interior com meu tio, cantando 'Noite Feliz'. Minha ida para TV aconteceu quando, em uma tarde, minha mãe vendo o Raul Gil perguntou se eu conseguia cantar que ela iria me inscrever. Gravei um vídeo cantando 'O Sole Mio' e mandei".

Filho de mãe gaúcha e pai mato-grossense, o cantor nasceu em Niterói, no Rio de Janeiro, e veio para o Rio Grande do Sul aos 5 anos, indo pouco tempo depois viver com a mãe em Encantado, cidade pela qual ele declara sua admiração. "Minha relação com a cidade é ótima. Gosto muito do pessoal e tenho muito apoio da prefeitura na minha carreira".

Mesmo com todo amor pela cidade, o estudante do 9º ano projeta uma vida além do interior gaúcho. Os planos são de ir para São Paulo. "Quando era criança já pensei em estudar muitas coisas, Engenharia Civil, Finanças... mas decidi que quero ficar na música, fazer faculdade de Música, ir para um grande centro porque não tem como fazer sucesso no interior", ressaltou.

Sonhos de um filho e aflição de Rubia Delazeri, uma mãe que apostou e que agora apoia o talento de seu primogênito. "Sou muito feliz e grata. Valeu a pena todo o esforço que ele fez para abraçar esta oportunidade. É um grande compromisso, uma responsabilidade para mim saber que tenho parte nisso, mas se o momento é agora a gente tem que dar forças. A gente não sabe se outras coisas virão, então tem que agarrar esta chance", comentou a mãe.

Ainda que sem empresário para administrar a carreira, no momento a dupla finaliza as gravações do primeiro álbum de ópera pela gravadora Sony e que deve sair em formato físico na metade deste ano. Antes disso, as canções devem ser lançadas e ficarem disponíveis nas plataformas digitais. "Nossa família está nos ajudando. Os pais do Juan sempre nos aconselham a prestar atenção nas oportunidades que surgem para nós, e temos feito isso. Assinamos com a Sony em 19 de dezembro e dia 6 de janeiro vai passar no Raul Gil", finalizou.

Comentários

VEJA TAMBÉM...