Variedades

Banda Maquinamente divulga trabalho para o Vale

Quarteto paulista visita o Rio Grande do Sul para divulgação de músicas

Créditos: Julian Kober
- Julian Kober

Vale do Taquari - A Banda Maquinamente, de São Paulo, visitou a redação do jornal O Informativo nesta segunda-feira (26). Depois de gravarem mais de 3.800 músicas juntos, especialmente trilhas publicitárias - inclusive a abertura do MasterChef - , quatro amigos, músicos profissionais, uniram-se para formar uma banda. Nasceu então o Maquinamente, formada por Glebo (vocal e baixo), Marinho (vocal e guitarra), Fefo (DJ e teclados) e K-reka (bateria). O primeiro álbum, Bom dia Vovó, mistura diferentes gêneros musicais - jazz, rock, ska e reggae - com letras carregadas de reflexões e contestações sobre o cotidiano. Junto com o CD, foi lançado um DVD com videoclipes de todas as músicas. "O Maquinamente é um processo de reciclagem. A banda tem essas influências diferentes por conta dessa vivência com trilha para determinados tipos de programas. Começamos a experimentar muita coisa e até a criar instrumentos.", conta Glebo. Entre as criações da banda está a cabitarra, uma guitarra feita a partir de um cabide, e o claricano, um clarinete que tem como base um cano de PVC, entre outros. O grupo veio ao Rio Grande do Sul para divulgar o seu trabalho. "Viemos com uma bolsa cheia de semente para plantar. Queremos tocar muito aqui no estado. Somos apaixonados pelo Sul, e estamos tendo uma recepção muito boa. Estamos preparados para fazer um som", garante Glebo.

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...