Variedades

Centro de Arte Nativa Querência Gaudéria é a casa da tradição

Espaço destinado à música e à preservação de costumes gaúchos recebe visitantes de toda a região

Créditos: Alício de Assunção
- Alício de Assunção

Canudos do Vale - Embora esteja aberto durante todo o ano, é no mês de setembro que o Centro de Arte Nativa Querência Gaudéria (CAN) recebe centenas de estudantes e moradores da região. Eles vão ao local em busca de conhecimento sobre as tradições gaúchas. Idealizado pelo professor e músico Dério José Marchi (69) e a esposa Nadir (67), o espaço abriga centenas de peças da indumentária campeira, instrumentos de trabalho na colônia e miniaturas de madeira que reproduzem moinhos de cana e rodas d`agua, além de carrinhos de lomba - que podem ser utilizados pelos visitantes. "É meu espaço, onde podemos mostrar e falar sobre muitos objetos que hoje praticamente desapareceram da vida das pessoas, mas que foram muito úteis na formação de nosso povo. E isso os jovens precisam conhecer, para que a história não se perca, por isso me dedico a reproduzi-los por meio de miniaturas de madeira feitas por mim", destaca.
O local também abriga uma história de formação de talentos musicais da região. Por ali já passaram cerca de 400 alunos de gaita, violão e técnica vocal, oriundos do município e de cidades como Sério, Progresso, Travesseiro, Pouso Novo, Marques de Souza, Forquetinha, Boqueirão do Leão, Arroio do Meio e Lajeado. Muitos deles, atualmente, integram bandas, grupos de cantos ou mantêm carreira solo e realizam shows pela região.
Nesse período que antecede o 20 de setembro, a visita de grupo de estudantes se torna rotina. Na segunda-feira alunos e professores da Escola Estadual Pedro Albino Müller, de Sério, acompanharam uma palestra de Marchi e a interpretação de músicas nativas pelo grupo integrado por Eduarda Brock Zarbieri, Josiele Borsatto, José Borsatto e Nathiéli Fagundes da Rosa. "Uma verdadeira aula sobre nossa história, nossos usos e costumes, que tão pouco são divulgados em sala de aula", comenta a diretora Vera Maria Scheibler Eichler.


Estudante do 6º ano, Nicoli Guarnieri (12) comentou sobre a visita. "Muito bom, um dia de aprendizado, para cada vez mais valorizarmos a cultura gaúcha".
De acordo com Marchi, até o final do mês outras escolas passarão pelo local.

https://youtu.be/Rgy8Jdty6k8

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...