Variedades

Mais de 100 vozes cantam e encantam em Teutônia

Apresentação foi na Igreja da Comunidade Evangélica de Confissão Luterana Paz

Créditos: Assessoria de Imprensa
- Édson Luís Schaeffer/divulgação

Teutônia - A igreja da Comunidade Evangélica de Confissão Luterana Paz, no Bairro Teutônia, foi tomada pelos cantos e encantos dos corais na tarde da quinta-feira (6). Mais de 100 vozes evidenciaram a tradição do canto coral durante o Festival de Coros.

O encontro foi organizado pelo Coral Municipal Anos Dourados, que conta com integrantes da Terceira Idade, e pela Secretaria de Juventude, Cultura, Esporte e Lazer de Teutônia. A programação contou com a apresentação de cinco coros, mostrando o porquê Teutônia ostentar o título de Capital Nacional do Canto Coral.

Além do coral anfitrião, também participaram o Coral São Carlos, de Jacarezinho, Encantado; Coral da Oase, da Comunidade Evangélica Paz, do Bairro Teutônia; Coral da Terceira Idade de Santa Cruz do Sul; e Coral da Terceira Idade de Mato Leitão. Cada coral apresentou três canções, evidenciando a diversidade musical e cultural da região. Canções religiosas, populares, tradicionalistas, alemãs e italianas integraram o repertório da tarde, que até contou com encenação teatral.

Segundo o maestro e regente do Coral Municipal Anos Dourados, Martin Altevogt, o principal objetivo do Festival de Coros é a integração. "A Terceira Idade anseia por momentos culturais, que conseguimos oportunizar através do Festival de Coros. Momento de troca de experiências e novas amizades, além de manter esta linda tradição. Aqui temos pessoas que já cantam em corais há muitos anos. Corais da Terceira Idade é um movimento que está crescendo ano após ano", frisou.

O prefeito, Jonatan Brönstrup, em seu pronunciamento de abertura, deu as boas-vindas a todos os participantes do Festival de Coros. "Bem-vindos à Capital Nacional do Canto Coral. Não tem lugar melhor que este para este encontro, um lugar com uma acústica boa, que valoriza a qualidade vocal de cada um de vocês. Canto coral, uma arte que vocês representam muito bem. Nos orgulhamos do título de Capital Nacional do Canto Coral, pois, através dos corais, outorgarmos nossa proposta, de trabalhar pelas pessoas. Vocês merecem o nosso respeito e admiração", ressaltou

Comentários

VEJA TAMBÉM...