Variedades

Programação cultural anima as crianças no 16° Festival do Livro

Bate-papo com cartunistas e contação de história marcam início do evento

Créditos: Julian Kober
- Lidiane Mallmann

Lajeado - O 16º Festival do Livro do Colégio Sinodal Gustavo Adolfo começou ontem, com uma programação especial para animar as crianças e os adolescentes que visitaram o Centro Comunitário Evangélico. A orquestra do GA apresentou-se na abertura. Em seguida, os alunos dos anos finais e do Ensino Médio participaram de um bate-papo com o cartunista Alexandre Beck, criador do personagem Armandinho. O desenhista, que publica tiras em jornais desde 2002, é o primeiro de uma série de artistas que estarão no evento, que neste ano trabalha com o tema "Cartoons e as Leituras do Cotidiano", bastante popular entre os estudantes. A coordenadora pedagógica da Educação Infantil do Gustavo Adolfo, Deliene Lopes Leite Kotz, frisa que os quadrinhos e charges podem ser usados para incentivar a leitura. "Existe, nos desenhos, toda uma crítica sobre a nossa realidade. E queremos debater estes temas com os nossos alunos, até porque é uma leitura que faz parte do cotidiano deles."

Contação de histórias

As atividades da tarde iniciaram-se com a orquestra do Colégio Evangélico Alberto Torres (Ceat). Com músicas internacionais e temas de filmes populares, como Piratas do Caribe, empolgou as crianças da Educação Infantil e anos Iniciais. 

Depois foi a vez do contador de histórias Alex Limberger subir no palco. Extrovertido e espontâneo, o ator interagiu e fez várias brincadeiras para narrar os contos, arrancado risadas e prendendo a atenção dos estudantes. A liberdade para experimentar e criar novas formas de narração é o que motiva Alex a trabalhar com a contação de histórias. "O contador pode desenvolver uma linguagem própria para contar uma história. Cada apresentação é diferente", afirma.

Lançamento

O lançamento dos livros feito pelos alunos da Educação Infantil e do 1º ano do Ensino Fundamental encerrou o primeiro dia do festival. Cada turma elaborou a sua história com base em uma obra literária. Os estudantes da sala NIII A, por exemplo, utilizaram o conto "A menina do cabelo roxo e o principezinho", da escritora Léia Cassol, para produzir uma narração própria. Os desenhos de cada página foi feito por um aluno, com a ajuda dos pais, para ilustrar um trecho da história. Entre as autoras, Helena Gonçalves (3), feliz da vida com a pexperiência. Na sua história, ela contou sobre um dia feliz com os pais e o irmão.

Programação de hoje

A programação do 16º Festival do Livro do Colégio Sinodal Gustavo Adolfo continua hoje, das 8h às 22h. Às 9h, a banda Analfabetismo Poético se apresenta, seguido pela peça teatral Lá na Casa da Vizinha, pelo grupo Teatro Luz e Cena. Na parte da tarde, às 14h30min, os alunos do Ensino Médio participam de um bate-papo com os cartunistas Rodrigo Martini e Guilherme Bianchini. E, para encerrar, às 19h ocorre a apresentação do coral infantil do colégio, seguida pelo lançamento dos livros do 2º e 3º anos do Ensino Fundamental. O evento segue até a próxima sexta-feira.


Saiba mais
O 16º Festival do Livro do Colégio Gustavo Adolfo é patrocinado pelo Sicredi, Univates e Movesco com apoio da Imbrasil, Alivat, jornal O Informativo do Vale, governo do Estado, 3º Coordenadoria Regional de Educação e RBS.

Comentários

VEJA TAMBÉM...