Geral

Importância da atividade física é fomentada no Dia Mundial da Saúde

Temática deste ano está atrelada à construção de um mundo saudável, com ênfase aos benefícios dos exercícios para o bem-estar do praticante


Orientado pelo educador físico Daniel Dalpian, Henrique Quadri retomou atividades físicas em busca de melhorar qualidade de vida - Ed Moreira

LAJEADO | Construir um mundo mais justo e saudável, através da melhora gradativa dos fatores que determinam uma vida saudável é o principal objetivo da Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta passagem do Dia Mundial da Saúde. Celebrada hoje, 7, a data visa conscientizar as pessoas sobre a importância da preservação da saúde para ter uma melhor qualidade de vida.

Neste ano, a temática prioritária está na essencialidade da atividade física para melhorar a condição de saúde como um todo, prevenindo e ajudando no combate de doenças - como obesidade, diabetes, hipertensão e, até mesmo, depressão. Conforme o educador físico Daniel Dalpian, deixar o sedentarismo auxilia a manter o corpo em equilíbrio. "Percebemos a importância da atividade física na troca de rotina que a população está submetida. O fato de estar com o corpo em movimentação acaba auxiliando na questão da mente sã, baixando os níveis de estresse e aumentando a imunidade. A atividade física está atrelada diretamente ao bem-estar, e não apenas à estética", explica.

O profissional da academia Engenharia do Corpo reforça a importância de estar saudável em tempos de pandemia, sugerindo um mínimo de três atividades físicas por semana. "Tentamos, em nossa unidade, aumentar e fomentar a saúde, ainda mais neste momento, quando torna-se fundamental estar saudável, com imunidade alta e sem estresse elevado. Percebemos, na prática, que até os níveis de socialização aumentam inserindo atividade física na rotina de pessoas de todas as idades. Fazer atividades, no mínimo, três vezes ao longo da semana, desde uma simples caminhada até exercícios que podem ser feitos em casa, já contribuem para melhorar o bem-estar, assim como, também, ter uma boa alimentação", diz Dalpian.

"Busquei a academia em razão da saúde"

Morador do Bairro Universitário, Henrique Quadri (26) retornou ontem, 6, a realizar atividades físicas. "Antigamente, eu malhava, mas quando comecei a trabalhar num local do ramo da alimentação eu comecei engordar até que chegou o ponto que senti a necessidade de retomar as atividades físicas para perder peso, não pela parte estética, mas pela questão de mobilidade. Eu sentia diferença, mais dificuldade até para amarrar os tênis. Tudo era mais cansativo, a mobilidade piorou. Busquei a academia em razão da saúde, até porque sei o quanto faz diferença estar saudável", comentou, enquanto era orientado por Dalpian.

A retomada faz parte da busca por uma rotina mais saudável, que tentou introduzir no princípio do ano passado, mas que foi dificultada pelas restrições da pandemia. "A decisão de voltar a me exercitar tomei faz cerca de um ano, mas com a pandemia dificultou e, em casa, não tive o hábito de realizar exercícios, então hoje (ontem) estou voltando e vou procurar praticar atividades físicas todos os dias da semana", complementa Quadri.

Atividades físicas

Ao longo deste mês, os multiprofissionais do Espaço Viver Bem da Unimed estão preparando conteúdos relacionados à temática proposta pela OMS. A educadora física Deise Mussolini separou algumas dicas para inserir, gradativamente, a prática de atividades físicas aos novos hábitos. Confira:

- Se estiver parado há muito tempo, antes de começar a se exercitar faça uma consulta com o seu médico de confiança;

- Pequenas modificações no cotidiano, como subir escadas, passear com o cachorro e varrer a casa ajudam a se movimentar mais e podem servir como um estímulo para o início de uma atividade física diária com duração mais longa;

- Estipule uma meta de fazer exercícios durante 30 minutos (contínuo ou dividido em até três períodos) por dia, cinco vezes na semana. Caminhada em ritmo acelerado, corrida leve e bicicleta são ótimos algumas sugestões;

- Pratique algum exercício físico que se adapte a seu estilo de vida e que você goste. A caminhada pelo bairro, de máscara e sem aglomeração, é um excelente hábito;

- Comece devagar e aumente a intensidade gradativamente. Dessa forma, você previne o risco de lesões;

- Não faça exercícios físicos em jejum;

- Use sempre roupas e tênis adequados para as atividades;

- Hidrate-se bem antes, durante e depois dos exercícios;

- Aqueça-se antes e alonguese depois da atividade;

- Fique atento ao surgimento de qualquer sintoma durante e após a prática esportiva, e se perceber algo estranho, procure o seu médico de referência.


Alimentação

Junto com a atividade física, a alimentação adequada está inserida na temática central do Dia Mundial da Saúde deste ano, tanto que o Sesc, em seu portal, publicou um material com algumas sugestões para uma alimentação saudável:

- Priorize a utilização de alimentos naturais ou minimamente processados;

- Reduza a utilização de óleos, gorduras, sal, açúcar e o consumo de alimentos processados;

- Alimente-se regularmente, em locais tranquilos e limpos e, de preferência, na companhia de outras pessoas;

- Ao comprar alimentos prontos, procure locais que façam comida na hora.

Origem 

O Dia Mundial da Saúde foi criado em 1948, sendo celebrado em 7 de abril desde 1950. De acordo com o conceito definido pela OMS, "a saúde é um estado de complemento bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade", sendo este o principal argumento para ter uma data específica para conscientização e fomento na população mundial.

 

Comments